MOVIMENTOECOR

Postado em 06, Julho 2014 Julho 06 2014 2014年7月6日 por movimentoecor
Depois não adianta apresentar para Deus as consequências desastrosas das suas más escolhas e pedir pra Ele resolver pra você, você escolheu! Você decidiu! E enquanto isso o propósito de Deus pra tua vida já poderia ter se cumprido há muito tempo, mas Ele está esperando só uma atitude sua e o nome dela é: obediência.
Bianca Toledo
Postado em 02, Julho 2014 Julho 02 2014 2014年7月2日 por movimentoecor

O Poder nas Parábolas de Jesus

Você já reparou como as Parábolas de Jesus parecem simples e inofensivas, mas que elas na Bíblia causavam enormes reações nos seus ouvintes? Uns eram transformados, outros ficavam revoltados e alguns sequer entendiam a sua profundidade.

Nada melhor que uma parábola, para explicar um pouco sobre o porque Jesus decidiu falar em parábolas. Vou contar uma, não tão boa como as contadas por Jesus, mas vou tentar:

“Conta uma estória que um anjo curioso quis dar algumas sugestões para Jesus antes dele ir para o ventre de Maria e se encarnar.

Disse o anjo: Jesus, seria legal você nascer no ano de 2014, pois lá vai ter TV, internet, muita mídia para espalhar mais rapidamente o Evangelho; ninguém iria duvidar.

Jesus respondeu que iria nascer em uma época onde nem energia tinha, onde o Evangelho teria que ser passado de boca em boca.

O anjo não entendeu o porque, e continuou dando seus pitacos: Mas então o seu ministério tem que durar anos, com uma grande escola, para que lá seja bem explicada a mensagem do seu reino.

Jesus responde que não ia fazer isso não, que iria fazer o seu ministério por volta de 3 anos e com um pequeno grupo de 12 discípulos, em que a maioria não seriam nem mesmo letrados.

O anjo ficou meio constrangido, mas insistiu em dar um último conselho: Tá bom Jesus, mas pelo menos escreva em grandes teses a mensagem que você quer passar, para que não tenham dúvidas da sua intenção.

Jesus olha para o anjo e pacientemente fala: Meu querido, eu não vou escrever nada; vou deixar para que anos depois alguns escrevam o meu Evangelho. O que vou fazer é contar pequenas historietas, de dois ou três minutos, para quem estiver passando consiga levar a mensagem do Reino de meu Pai em uma pequena estória. Porque o mais importante não é a forma, e sim o conteúdo transformador que minha mensagem tem!”

O poder do Evangelho do Reino de Deus é tão grande que não importa a forma. E cabe em grandes pregações ou em pequenas histórias que Ele vai escrevendo em nossas vidas. O Evangelho contido nas parábolas de Jesus transformaram, e continuam transformando, os que param para ouvi-las.

- Marcos Botelho

Fonte

Postado em 28, Junho 2014 Junho 28 2014 2014年6月28日 por movimentoecor
Uma vida espiritual que se torna insensível à paixão dos pobres, é falsa e se faz surda aos apelos do Espírito. Por mais que os fiéis nos grandes espetáculos televisivos carismáticos, católicos e evangélicos, rezem, cantem, dancem e celebrem, sem uma atenção ao Espírito “Pai dos pobres” como se canta no hino da missa de Pentecostes, sua oração só produz autossatisfação mas não chega a Deus. Nela não está o Espírito com seus dons.
Leonardo Boff